Aprovadas as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2022

A Câmara Municipal de Odemira aprovou as Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2022 no valor de 45.375.000€ que, sendo o primeiro orçamento do atual mandato, incorpora algumas prioridades definidas para o período de 2021/2025.

Para 2022, as prioridades de investimento do Município de Odemira passam pela concretização dos projetos de continuidade que têm garantia de financiamento pelos fundos europeus estruturais e de investimento (sobretudo em regeneração urbana, áreas de acolhimento empresarial e educação), pela concretização de um conjunto de investimentos de beneficiação e manutenção na rede viária municipal, no lançamento dos investimentos iniciais associados à Estratégia Local de Habitação (designadamente a constituição de respostas de habitação para jovens), e no lançamento de investimentos que procuram melhorar as condições no local de trabalho e equipamentos de trabalho dos funcionários municipais.

Em termos de atividades mais relevantes destaca-se a expectativa no retorno de um conjunto de atividades de desenvolvimento económico, educativas e culturais que a crise pandémica Covid-19 impediu que fossem realizadas nos últimos anos; uma aposta na concretização de novos documentos estratégicos no âmbito da cultura, em novos incentivos à inovação, à produção de conhecimento e às indústrias criativas e culturais; e uma aposta no reforço dos processos participativos onde o Fórum do Território assume a centralidade na experimentação de um modelo inovador, em Portugal, de governança local. No âmbito do ordenamento do território, note-se o reforço de prioridade na concretização de planos estratégicos como a revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) e no plano de regularização da Área de Fracionamento Ilegal da Propriedade Rústica a norte de Vila Nova de Milfontes (AFIPR).

O documento do Orçamento e das Grandes Opções do Plano para o ano de 2022 foi aprovado por maioria na reunião ordinária da Câmara Municipal realizada no dia 9 de dezembro e aprovado também por maioria na sessão ordinária da Assembleia Municipal, realizada no dia 17 de dezembro.