Conferência sobre Envelhecimento Saudável no Alentejo

17 Setembro 2021
10 : 00
Moura - Escola Profissional

Próximos Eventos

19 Fevereiro 2022

Santa Clara-a-Velha - Pavilhão da Junta de Freguesia

5 Fevereiro 2022

Vale Ferro - Café Porfírio - Freguesia de Relíquias

22 Janeiro 2022

Colos - Restaurante Eira da Lagoa

8 Janeiro 2022

Casa Convívio Snack-Bar “Os Pereiras”, na aldeia de Várzea das Pedras, Freguesia de S. Teotónio.

18 Dezembro 2021

Sabóia - Restaurante "Flor do Campo"

4 Dezembro 2021

Amoreiras-Gare - Restaurante “O Peixeiro”

Os desafios para o envelhecimento saudável e ativo da população vão estar em análise na conferência “Envelhecer no Alentejo – O desafio da Década”, que se realiza no próximo dia 17 de setembro, das 10h00 às 15h20, na Escola Profissional de Moura.

Dividido em dois painéis: “Envelhecimento Saudável e Ativo” e “Cuidados Continuados: Satisfazer as necessidades da População”, o debate tem como objetivo abordar um conjunto de medidas a adotar e que visam aumentar o número de anos com qualidade de vida da população portuguesa.

Organizada pelo Algarve Biomedical Center (ABC), que integra o centro de referência Algarve Active Ageing, a conferência conta com as presenças do Secretário de Estado da Segurança Social, Gabriel Bastos, do presidente do ABC, Nuno Marques, e é moderado pelo escritor e investigador Francisco Moita Flores e pela Presidente da parceria global das Nações Unidas Sanitation and Water for All, Catarina de Albuquerque.

De salientar que Portugal, de acordo com dados da ONU de 2019, apresenta o 4º maior ratio de dependência associada à população envelhecida: 39%. Um número que se estima subir para 71% em 2050. Quanto ao número de anos de vida saudável após os 65, Portugal está abaixo da média europeia.