Litoral EmCena retoma espectáculos este mês com ‘Sou Eu’, pela ESTE

14 Agosto 2021
7 : 16

Outras datas do evento

2021-08-24
Ver programa

Próximos Eventos

30 Setembro 2021

Odemira - Cineteatro Camacho Costa

30 Setembro 2021

Online - Redes sociais do Município de Odemira

1 Abril 2022

CCB - Centro Cultural de Belém - Lisboa & Casa da Música - Porto

A programação do Litoral EmCena vai ser retomada este mês, depois de ter sido interrompida no mês passado por determinação das autoridades municipais e de saúde, devido à pandemia, obrigando ao adiamento de 17 sessões de teatro ao ar livre de três companhias de teatro que estavam agendados para os meses de Julho e Agosto.

Além da ESTE, foram também adiadas as apresentações do Teatro Só, que esperamos conseguir confirmar em novas datas em breve, e do Teatro do Mar, que deverá ser apresentado no próximo ano em datas a anunciar.

Os espectáculos que já estavam programados para setembro, outubro, novembro e dezembro mantêm-se confirmados.

Sobre o espectáculo ´Sou Eu’

Inspirado em “O sorriso ao pé da escada” de Henry Miller, ‘Sou eu’ recorre à poesia visual, num impulso empático entre actor e espectador, unidos no encontro irrepetível do teatro.

“O actor é  aqui um criador de impulsos na busca da felicidade, da sua e do outro, onde o recurso privilegiado, mais que a linguagem, é o da  emoção, esta sim, universal”, lê-se na sinopse do espectáculo.

Com encenação de Sérgio Fernandes, responsável também pela dramaturgia em conjunto com Joana Poejo e Tiago Poiares, ‘Sou Eu’ é apresentado em palco por Tiago Poiares e Gonçalo Baptista (músico).

‘Sou Eu’ vai estar em cena a 14 de Agosto no Jardim Público de Ermidas, a 15, no Largo D.Manuel I, em Alvalade, a 16 no Largo Coronel Carlos Jesus Vilhena, na Abela, no concelho de Santiago do Cacém.

Cercal do Alentejo (18), Lagoa de Santo André (19), São Domingos (20), São Francisco da Serra (21), Santiago do Cacém (23) e Sines (24) vão também receber o espectáculo, sempre às 21h30.

Embora de acesso gratuito e ao ar livre, o espectáculo é apresentado em recintos fechados, com lotação limitada a 150 pessoas, cumprindo distanciamento, entradas e saídas sem cruzamento de pessoas, desinfeção das mãos e uso obrigatório de máscara, de acordo com as normas da Direção Geral de Saúde.