Stress hídrico em Portugal

Esta semana, o destaque vai para o stress hídrico em Portugal. Um alerta para uma mudança rápida “antes que caia a última gota”: foi assim descrito o estudo encomendado à Agência Portuguesa do Ambiente sobre a água que temos e que gastamos ou perdemos em Portugal, que conclui que nos últimos 20 anos a disponibilidade de água reduziu-se cerca de 20%. Sem surpresas para muitos agricultores, que são os principais consumidores de água (70%), é “preciso uma gestão mais criteriosa da água” e das licenças actuais e futuras, diz o autor, com menos desperdício (e lembrando que o uso de água para consumo humano tem um “peso relativamente pequeno”, de cerca de 10%).